Notícias

Seminário no Consórcio destaca conscientização regional sobre crianças em situação de rua

Evento discutiu o fortalecimento das redes de acolhimento regionais

11/05/2017

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC foi palco, nesta quinta-feira (11), de discussões regionais para o atendimento à criança e ao adolescente em situação de rua. A entidade sediou o Seminário Estadual Criança Não é de Rua, organizado pelo Grupo de Trabalho (GT) Criança e Adolescente, em parceria com o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA) e o Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS).

Com cinco painéis, o seminário abordou temas como o conceito nacional de criança e adolescentes em situação de rua, além de passar orientações técnicas do serviço de acolhimento e dicas para educadores responsáveis pela implantação, organização e consolidação de serviços, programas e projetos de acolhimento. Outro assunto destacado no evento foi a questão da saúde de mulheres e adolescentes em situação de rua usuárias de drogas e seus filhos recém-nascidos.

Responsável pelo painel “Alteração nas Orientações Técnicas do Serviço de Acolhimento Institucional”, o educador social Joroedson Marçal de Almeida explicou as principais características das crianças que se encontram em situação de rua. “Segundo levantamento, 100% são afrodescendentes, 80% são filhos de migrantes, 80% são ou já foram usuárias de drogas ou álcool, 30% são casos de devolução de adoção, 20% já passaram pela Fundação Casa e 10% nunca passaram pela rede de ensino”, disse.

A coordenadora do GT Criança e Adolescente, Recele Borges, ressaltou a necessidade de fortalecer as redes de acolhimento regionais. “É um dia muito importante para nós que acreditamos, lutamos, defendemos e garantimos os direitos de crianças, adolescentes e suas famílias em situação de rua. Nos reunimos aqui no Consórcio para consolidarmos as políticas públicas, integradas e regionalizadas”.

A educação social de rua tem o objetivo de construir e manter vínculo de cuidado com crianças e adolescentes em situação de rua e seus familiares, utilizando ferramentas pedagógicas, sociais, institucionais e comunitárias, de forma a apoiar e fortalecer a inclusão social deste público.

Tags

GT CRIANÇA E ADOLESCENTE