Notícias

Consórcio firma convênio para oferecer desconto a filhos de GCMs no Colégio da Polícia Militar

Termo de cooperação concede desconto de 35% nas mensalidades da instituição de ensino a filhos e dependentes de integrantes da corporação no ABC

29/11/2017

O presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, firmou nesta quarta-feira (29) um convênio com a Fundação Cruz Azul para oferecer descontos de 35% nas mensalidades da instituição de ensino a filhos e dependentes de guardas civis municipais (GCMs) da região no Colégio da Polícia Militar. A entidade filantrópica é responsável pelas 11 unidades da instituição de ensino em operação no Estado de São Paulo.

Durante a cerimônia de assinatura, realizada no Salão Nobre do Paço de São Bernardo, Morando ressaltou que os guardas civis exercem funções similares aos policiais militares, portanto merecem receber mesmo benefício em reconhecimento do seu trabalho para a sociedade. “Os GCMs se sentirão honrados e prestigiados em saber que seus filhos podem estudar num colégio renomado e dedicado à mesma classe trabalhadora, que é a PM”, afirmou.

As tratativas para o convênio tiveram início em abril deste ano, com uma visita dos secretários municipais de Segurança e os comandantes das Guardas Municipais às instalações da unidade localizada em Santo André, por articulação do Grupo de Trabalho (GT) de Segurança Pública do Consórcio.

O secretário executivo do Consórcio, Fabio Palacio, destacou que o convênio é mais uma ação efetiva da atual gestão da entidade regional, desta vez na área da Segurança Pública. “Estamos entregando não só um benefício financeiro, mas também de qualidade na educação para os filhos dos GCMs. Esta uma maneira prática de mostrar como o Consórcio, unindo as cidades do Grande ABC, pode gerar benefícios diretos à nossa população”, disse.

O superintendente da Fundação Cruz Azul, Julio de Freitas, enfatizou o trabalho semelhante realizado por guardas civis e policiais militares. “A similaridade está no papel que desempenham em prol da segurança pública. Há muita afinidade. Abrir as portas do nosso colégio para os familiares da GCM nos traz uma alegria muito grande justamente por esta identidade”.

Para o coordenador do Grupo de Trabalho (GT) Segurança Pública do Consórcio e secretário da pasta em São Bernardo do Campo, Carlos Alberto dos Santos, a extensão dos benefícios e vantagens do Colégio da Polícia Militar aos filhos dos GCMs é conquista aguardada pelos integrantes da corporação no ABC. “É uma infraestrutura que vai oferecer ensino de qualidade para os filhos dos nossos guardas”, afirmou.

A Fundação Cruz Azul foi criada em 1925, com o objetivo inicial de amparar órfãos e viúvas de policiais militares. Em seus primeiros anos de existência, era constituída por um hospital para crianças, uma creche e um jardim de infância. Instituído em 1978, o Colégio da Polícia Militar conta atualmente com mais de 11 mil alunos em suas unidades, desde o maternal até o ensino médio.

Tags

GT SEGURANÇA PÚBLICA