Notícias

Prefeito Orlando Morando destaca ano de realizações no Consórcio

Presidente do colegiado de prefeitos apresenta balanço de ações, que certificam gestão produtiva em 2017

26/12/2017

Em concorrida coletiva de imprensa nesta terça-feira (26), no auditório do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, o prefeito de São Bernardo do Campo e presidente da entidade regional, Orlando Morando, anunciou que a entidade regional, pela primeira vez, deixou o campo dos estudos e pesquisas, e passou a entregar obras e cases concretos de interesse da população.

Morando destacou que durante esse ano o grupo de prefeitos mudou a forma de agir e dificilmente será possível voltar a ser como era. “Nós saímos do campo de pesquisas e estudos para passarmos a entregar obras e projetos que contemplem as necessidades da população. Estamos fazendo muito mais com um orçamento menor, e eu duvido que algum prefeito deixe de lado o atual modo de administração da entidade regional”, destacou.

Durante a coletiva de imprensa, Morando apresentou as ações de sua gestão:  o Escritório do Consórcio em Brasília, a redução orçamentária de 1/3 dos valores pagos pelas prefeituras; a parceria com o Governo do Estado nos Jogos Abertos, que pela primeira vez teve uma sede regional; o Centro de Gerenciamento de Emergências ABC; além do reenquadramento do ISS (Imposto Sobre Serviços) para evitar a guerra fiscal e o pleito ao governo do Estado para que o Imposto do Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) retido das montadoras seja devolvido e utilizado no setor de ferramentaria. Ele falou ainda sobre a parceria com a União Europeia (UE), especificamente com a cidade italiana de Turim, que deve ser de grande valia para a região.

Mas para Morando, a redução das mensalidades foi o grande acerto definido pela assembleia de prefeitos. “A redução dos valores dos repasses das prefeituras ao Consórcio foi uma mudança conceitual. Mesmo sem crise, não existe sentido os municípios gastarem tanto como gastavam com o Consórcio”, destacou o prefeito. Segundo ele, “o Consórcio deve ser uma ferramenta para servir a sociedade, e que antes com apenas pesquisas e projetos, a sociedade não via os resultados”, destacou.

Tags

CONSÓRCIO