Notícias

Consórcio participa de debate sobre Transporte de Carga em Câmara Temática do Estado

11/04/2018

O secretário executivo do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, Uriel Carlos Aleixo, participou nesta terça-feira (10), no auditório da Secretaria de Assuntos Metropolitanos do Governo do Estado, em São Paulo, da nona reunião da Câmara Temática de Transporte Metropolitano de Cargas. A reunião marcou a estreia da entidade regional nas discussões sobre o Transporte de Cargas na Região Metropolitana.

O evento foi coordenado por Antonio Kunigelis Junior, assessor da Subsecretaria de Estado de Assuntos Metropolitanos. Participaram ainda Juca Aguirre, da Secretaria de Transportes e Logística do Estado de São Paulo; Marinaldo Reis, do Setcesp, e representantes das sub-regiões da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP).

A pauta do encontro debateu as necessidades das sub-regiões em relação aos centros de distribuição; a troca de informações com outros órgãos, como as Secretarias da Saúde, Segurança Pública e Defesa Civil e agregar ideias e demandas de outros municípios da Região Metropolitana, que possam ser contempladas no PDUI (Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado).

Uma das propostas debatidas em plenário versou sobre a integração e unificação dos dados dos sistemas de informação sobre transporte de cargas no país, com ênfase nas experiências da RMSP, além da instituição.

O secretário executivo do Consórcio agradeceu o convite para participar do evento, e destacou ainda a atuação de Antonio Kunigelis como representante do Estado nas discussões do Consórcio ABC. Uriel Carlos Aleixo registrou ainda a sua preocupação com a ausência de convite ao Setrans ABC, “que muito pode contribuir com o debate, no âmbito do Grande ABC”.

Marinaldo Reis, do Setcesp, elencou outras questões importantes, e que acabam dificultando o trabalho de carga e descarga: como o grande volume no abastecimento de mercados, supermercados, lojas de eletrodomésticos, entre outros; bem como a possibilidade de implementar estacionamentos para caminhões de carga e descarga, em 310 ruas de São Paulo; e até mesmo a padronização dos veículos menores, como os VUCs (Veículos Utilitários de Cargas).

Tags

CONSÓRCIO