Notícias

Delegação do Consórcio vai a Turim para nova etapa da cooperação com a UE

Missão oficial do ABC inicia na segunda-feira visita técnica à cidade italiana para intensificar a troca de experiências

11/05/2018

A missão oficial do ABC a Turim, liderada pelo Consórcio Intermunicipal Grande ABC, tem início na próxima segunda-feira (14). A visita técnica é a nova etapa do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC), desenvolvido pela União Europeia, com o objetivo de intensificar a troca de experiências entre a região e os italianos e formatar o projeto que será apresentado pela entidade regional ao bloco europeu até o fim deste ano.

O vice-presidente do Consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra, acompanhará a comitiva, composta por representantes do Poder Público e da iniciativa privada envolvidos com projetos de mobilidade da região. O grupo é composto por Andrea Brisida, coordenadora do GT Mobilidade Urbana do Consórcio; Lívia Rosseto, técnica de Programas e Projetos do Consórcio; Fábio Sampaio Bordin, superintendente do Instituto Mauá de Tecnologia; Paulo Assis Benites, presidente da Hitech Engenharia Company; e Marcos Murasaki Cardoso, sócio-diretor da Electromagnetics Tecnologia e Informática.

Para o vice-presidente do Consórcio, esta nova etapa do programa reforça a eficiência da troca de experiências com os italianos. “A cooperação técnica entre a cidade de Turim e o Grande ABC enriquece o desenvolvimento de políticas públicas para potencializar áreas estratégicas e similares das nossas cidades, como mobilidade urbana, tema da última visita da delegação italiana à região. Portanto, a participação do Consórcio é uma grande conquista, que fortalece e consolida uma parceria para promover avanços para toda a população”, reiterou Paulo Serra.

Na primeira rodada da cooperação, realizada em fevereiro, a delegação de Turim que visitou o ABC apontou a necessidade de um centro de monitoramento regional e uma central de informações para o desenvolvimento de projetos de mobilidade. O objetivo do Consórcio é apresentar, dentro do programa europeu, o projeto do Centro de Controle Operacional (CCO) que tem sido desenvolvido pela entidade, para pleitear recursos da União Europeia que possam viabilizá-lo.

Em março, o Governo Federal autorizou o repasse de R$ 5 milhões provenientes do Ministério das Cidades para o projeto executivo do CCO. O recurso havia sido anunciado em 2013, mas foi destravado devido ao trabalho realizado pelo escritório do Consórcio em Brasília.

Tags

CONSÓRCIO