Notícias

Plano de patrulhamento aéreo do Consórcio avança para fase de licitação

Ação representa iniciativa pioneira no País de reforço na Segurança Pública, por meio de operação aérea, integrando cidades por GCMs

04/09/2018

Com a finalização do termo de referência para o plano de patrulhamento aéreo regional, que deve trazer mais segurança para o morador da região, com sobrevoos e comunicação mais ágil com a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal, a iniciativa avançou para a fase de licitação. O andamento do projeto, ação inédita em nível nacional, integrou a pauta da assembleia mensal do Consórcio Intermunicipal, realizada nesta terça-feira (4).

O coordenador do Grupo de Trabalho (GT) Segurança Pública, Carlos Alberto dos Santos, informou os prefeitos sobre os últimos apontamentos e contribuições realizados por gestores e técnicos dos munícipios. O presidente do Consórcio e prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, afirmou que o objetivo é concluir este processo até o fim do ano. “O termo de referência está pronto, o que possibilita a abertura do processo de licitação. Visando melhorar a segurança do ABC, a nossa meta é terminar a atual gestão com isso contratado”, explicou Morando.

O plano de patrulhamento aéreo regional será realizado pelas Guardas Civis Municipais (GCMs). Conforme a análise realizada pelo GT Segurança Pública, que contou com apoio da equipe do helicóptero Águia, da Polícia Militar, a implementação do patrulhamento aéreo é necessária para região.

Lacre solidário

Os prefeitos aprovaram o apoio do Consórcio à Campanha Lacre Solidário, iniciativa socioambiental que recolhe os lacres das latas de bebidas e realiza a troca deles por cadeiras de rodas, beneficiando pessoas e entidades necessitadas. Desenvolvida pelo Instituto Entre Rodas, a ação busca ainda fomentar uma cultura voltada ao cuidado com o meio ambiente, estimulando o consumo consciente.

Por meio do apoio do Consórcio, serão instalados pontos de coleta dos lacres nos munícipios do ABC, inclusive na sede da entidade regional, conforme explicou o coordenador do GT Pessoa Com Deficiência, Luís Kassab. “A campanha conta com a ajuda de cooperativas de catadores e empresas para comercializar dos lacres que serão trocados por cadeiras de rodas, fabricadas sob medida para as crianças que vão usá-las. A força do Consórcio vai reforçar a arrecadação dos lacres”, disse Kassab.

O presidente do Consórcio destacou o caráter de esclarecimento da campanha. “Muita gente ainda acha que isso é um mito, mas os lacres de latas podem ser realmente trocados por cadeiras de rodas. Vamos dar nosso apoio, pois é uma iniciativa que colabora com o meio ambiente e tem um viés solidário muito importante”, afirmou Morando.

Turismo

A reunião também contou com uma apresentação do Plano Regional de Desenvolvimento Turístico, desenvolvido pelo Consórcio. A iniciativa complementa os Planos Municipais de Turismo contratados pela entidade regional e entregues neste ano a Santo André, São Caetano do Sul, Mauá e Rio Grande da Serra, cidades que ainda não contavam com o instrumento. “É uma iniciativa que demanda investimento e passará por uma análise. Dentro desse plano há questões como melhoria na sinalização e como fomentar efetivamente o papel das cidades no que compete ao turismo”, afirmou o presidente do Consórcio.

Ainda nesta temática, o secretário de Obras de Ribeirão Pires, Taka Yamauchi, apresentou aos prefeitos o Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), financiado pelo Ministério do Turismo. A iniciativa é desenvolvida com o planejamento das áreas turísticas prioritárias, seguido da proposição de intervenções públicas para que o turismo venha a constituir uma alternativa econômica geradora de emprego e renda. “O Prodetur é um projeto do Ministério do Turismo bastante interessante e que pode complementar o Plano Regional que desenvolvemos. Esta é uma nova fase para o Turismo para dentro do Consórcio” ressaltou Morando.

Simpósio

O secretário executivo Tunico Vieira, informou aos prefeitos sobre a organização de um simpósio de para reunir os consórcios públicos do Estado de São Paulo. O evento, previsto para 26 de novembro, contará com a presença do senador Antônio Carlos Valadares, autor do Projeto de Resolução que autoriza consórcios públicos a contratar operações de crédito.

Para o presidente do Consórcio, a importância do seminário é mostrar o papel destas entidades em apoio às administrações municipais, com destaque para os avanços obtidos após a lei que permitiu transformá-los em órgãos públicos. “O evento será realizado na sede do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, pois este foi o primeiro consórcio público constituído no Brasil”, destacou Morando.

Tags

ASSEMBLEIA GERAL