Notícias

Divulgação/Consórcio ABC

Consórcio pede compromisso dos candidatos a governador para início das obras da Linha 18

Em assembleia mensal, prefeitos solicitam que cada candidato se comprometa, se eleito, a iniciar obras do monotrilho em até 12 meses após tomar posse

09/10/2018

Os prefeitos da região aprovaram nesta terça-feira (9), durante assembleia no Consórcio Intermunicipal Grande ABC, um termo de compromisso que será entregue aos dois candidatos que disputam o segundo turno das eleições para o Governo de São Paulo. O documento solicita que cada candidato se comprometa, se eleito, a iniciar as obras da Linha 18 – Bronze do Metrô em um prazo de 12 meses após tomar posse.

O presidente do Consórcio e prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, ressaltou que, ao condicionar o prazo para o início da obra, os chefes dos Executivos municipais da região cobram uma satisfação à sociedade sobre a implementação do monotrilho.

“Como não existe mais nenhum empecilho, pois o contrato está assinado, o início das obras depende de apenas de aporte financeiro que tem de ser direcionado por uma vontade política. Indiscutivelmente, este é o assunto mais ansiado pela população do Grande ABC e depende quase que exclusivamente do Governo do Estado”, afirmou Morando.

A parceria público-privada (PPP) para construção e operação da linha foi assinada em agosto de 2014, mas a iniciativa ainda não avançou devido a questões para liberar o financiamento das desapropriações ao longo do trecho, que cabem ao Governo do Estado. O monotrilho deveria ser entregue neste ano, mas devido à crise financeira não recebeu os recursos federais prometidos pela então presidente Dilma Rousseff.

Morando ressaltou que o Estado tem orçamento para as desapropriações, mas a decisão depende de que foco terá o governador eleito. Além disso, o Palácio dos Bandeirantes também poderá interceder junto ao novo presidente. “O governador eleito deverá ter grande força sobre o próximo presidente da República, principalmente em uma questão prioritária para o ABC como uma nova linha de metrô que vai atender a uma população de mais de 2 milhões de habitantes”, defendeu.

O presidente do Consórcio afirmou ainda que espera que os dois candidatos ao Governo do Estado assinem o documento. “Independentemente de quem seja o vitorioso na eleição, o Grande ABC não pode mais deixar que este importante projeto fique travado. O monotrilho será fundamental para a mobilidade urbana, uma vez que passará por três municípios da nossa região e chegará à capital”, concluiu Morando.

Tags

ASSEMBLEIA GERAL