Notícias

Articulação do Consórcio ABC abre nova perspectiva para linha 18-Bronze do Metrô sair do papel

Jornais da região noticiaram que Estado deve buscar diálogo com Governo Federal para destravar projeto

07/06/2019

O trabalho do Consórcio Intermunicipal Grande ABC para trazer à entidade regional o secretário nacional de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos, Jean Carlos Pejo, do Ministério do Desenvolvimento Regional, resultou em uma nova perspectiva para o Governo do Estado tirar do papel a linha 18-Bronze do Metrô, que deve ligar São Bernardo do Campo à capital, passando por Santo André e São Caetano do Sul.

Em entrevista coletiva após agenda na sede do Consórcio ABC, em Santo André, Pejo disse que o Governo Federal está aberto ao diálogo para colaborar financeiramente com o projeto. “Estaremos ouvindo as necessidades que o Governo do Estado tem e avaliar a melhor solução para o cidadão. De nossa parte, estamos abertos para o diálogo”, disse o secretário nacional.

A linha 18-Bronze foi projetada inicialmente para receber sistema de monotrilho, por meio de Parceria Público-Privada (PPP), assinada em 2014. No entanto, o início das obras esbarrou em questões financeiras e falta de recurso para as desapropriações. Em março, o governador João Doria anunciou que a Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos (STM) faria estudo para saber qual a melhor forma para tirar o projeto do papel, se pela proposta original ou com mudança de modal, tendo o BRT (Transporte Rápido por Ônibus) como opção. A perspectiva é que haja uma definição sobre isso ainda neste mês, segundo o Governo Estadual.

O secretário-executivo do Consórcio ABC, Edgard Brandão, destacou o trabalho da entidade regional no sentido de destravar uma obra importante de mobilidade urbana para a região. “A vinda do secretário nacional é uma conquista muito grande para as sete cidades. A presença dele aqui o dia todo, conhecendo nosso trabalho e se colocando disponível para atender todos os municípios, um a um, é algo inédito e que temos de enaltecer. Só temos a agradecer a visita dele e essa parceria de trabalho, que pode render bons frutos para o Grande ABC”, disse Brandão.

Visita técnica

O representante do ministério esteve no Consórcio ABC na quarta-feira (5/6) e foi recebido pelo secretário-executivo da entidade regional, Edgard Brandão, representando o presidente da entidade regional e prefeito de Santo André, Paulo Serra, que não pôde comparecer porque cumpriu agenda oficial em Brasília.

Pela manhã, o Grupo de Trabalho (GT) Mobilidade Urbana apresentou os projetos regionais para o integrante do Governo Federal, como o Plano Regional de Mobilidade – que prevê a reorganização das redes municipais e metropolitanas de transporte coletivo, intervenções físicas em obras de ampliação da infraestrutura viária e medidas operacionais de gestão da circulação -, o Centro de Controle de Operações do Grande ABC (CCO Regional), ambos desenvolvidos pelo Consórcio ABC, além da linha 18-Bronze do Metrô.

Durante a tarde, o secretário nacional de Mobilidade Urbana atendeu, individualmente, representantes dos demais municípios da região, como os prefeitos de Ribeirão Pires, Adler Teixeira-Kiko, de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, de Diadema, Lauro Michels, o vice-prefeito de Santo André, Luiz Zacarias, o secretário de Transportes de São Bernardo do Campo, Delson José Amador, o chefe de Gabinete da Prefeitura de São Caetano do Sul, Bruno Vassari, e técnicos da secretaria de Transportes de Mauá. Cada cidade apresentou suas principais demandas e projetos que estão em fase mais adiantadas para receber investimento federal.