Notícias

No mês da mulher, Consórcio ABC promove ações de conscientização

Entre as iniciativas, entidade regional inicia campanha em parceria com a CPTM e serviço de reeducação de homens agressores de mulheres

06/03/2020

No próximo domingo (8/3), será celebrado o Dia Internacional da Mulher, oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) há 45 anos como símbolo da luta por direitos e igualdade. Como parte do calendário de iniciativas em referência à data na região, o Consórcio Intermunicipal Grande ABC realiza ações de conscientização contra o machismo e a violência.

Em parceria com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a entidade regional vai disponibilizar banners que alertam sobre a questão da violência contra a mulher em estações da Linha 10 - Turquesa localizadas na região. As peças trarão informações sobre como acessar os serviços da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres nas sete cidades.

Também entre as ações, a fachada do Consórcio ABC ganhou iluminação lilás com o objetivo de atrair a atenção da sociedade para o debate, sensibilizar sobre a importância do combate à violência contra a mulher e destacar as políticas públicas desenvolvidas nesta área. Historicamente, a cor é referência na luta mundial das mulheres por igualdade.

O Consórcio ABC mantém, desde 2003, o Programa Casa Abrigo Regional, projeto premiado que visa garantir segurança e proteção às mulheres em situação de violência doméstica e familiar, sob risco iminente de morte. O objetivo da ação é propiciar condições para a restruturação física e psicológica da mulher.

O acolhimento das mulheres, que é uma forma de tirá-las do alvo de seus agressores, ocorre em uma das duas unidades do programa, que têm endereços mantidos em sigilo. Juntos, os dois equipamentos podem atender até 40 pessoas por um período de até 180 dias, dependendo da complexidade de cada caso. Filhos e filhas das mulheres, com menos de 18 anos, também podem ser amparados nessas casas.

Coordenadora da Grupo de Trabalho (GT) Gênero do Consórcio ABC e presidente do Conselho Gestor da Casa Abrigo, Maria Aparecida da Silva, destacou que o serviço pioneiro na região é um exemplo de política pública regional, reconhecido nacional e internacionalmente.

“A Casa Abrigo é um dos carros-chefes do Consórcio ABC, lançado quando a entidade ainda não tinha se tornado um órgão público, e uma ação efetiva que ressalta a importância do trabalho em favor da emancipação feminina e da necessidade do combate ao machismo”, afirmou.

Segundo levantamento feito pelo programa, somente só 12% das mulheres atendidas pela Casa Abrigo Regional Grande ABC retornam ao mesmo convívio do agressor, o que mostra a efetividade da ação na restruturação social da mulher. O serviço já protegeu 1.200 mulheres desde sua criação.

Outra ação que o Consórcio ABC preparou para este mês é o início do Serviço Regional de Educação e Responsabilização para Homens Autores de Violência contra Mulheres do Grande ABC (SerH ABC). O programa é pioneiro no país em âmbito regional e tem como objetivo desconstruir a cultura de violência contra às mulheres. A iniciativa é voltada para condenados pela Justiça a cumprirem pena com base na Lei Maria da Penha (Lei Federal 11.340/2006).

Para o presidente do Consórcio ABC e prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, é fundamental dedicar o mês à reflexão sobre a mulher na sociedade e a busca da igualdade de direitos.

“Ao mesmo tempo em que falamos muito sobre o empoderamento feminino, a violência contra a mulher infelizmente ainda é um problema. O Consórcio ABC tem como uma de suas principais bandeiras o enfrentamento da violência doméstica, tanto por meio de ações de conscientização quanto por ações efetivas para mudar essa realidade”, afirmou Maranhão.

Tags

GT GÊNERO