Notícias

Foto: Divulgação/PMSBC

Prefeitos do Grande ABC entregam plano ao Governo do Estado para reabertura gradual da economia

Documento foi recebido pelos secretários estaduais da Saúde, José Henrique Germann, e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi

30/05/2020

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC entregou, neste sábado (30/5), aos secretários estaduais da Saúde, José Henrique Germann, e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, documento solicitando a reavaliação dos indicadores relacionados ao novo coronavírus (Covid-19) em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. O objetivo do colegiado de prefeitos é o avanço da classificação da região na reabertura gradual da economia.

Em reunião no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo do Estado, os prefeitos do Grande ABC apresentaram detalhadamente as ações realizadas pelos municípios para enfrentar a pandemia, como o incentivo ao isolamento social e ao uso de máscaras como medida para enfrentar a Covid-19, a abertura de hospitais de campanha, assim como uma taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) abaixo de outras regiões da Grande São Paulo, além da compra de aproximadamente 14 milhões de equipamentos de proteção individual (EPIs) para as equipes de saúde dos sete municípios.

Participaram do encontro o presidente do Consórcio ABC e prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, e os chefes dos Executivos municipais de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, e de Ribeirão Pires, Adler Teixeira - Kiko, acompanhados do coordenador do Grupo de Trabalho (GT) Saúde do Consórcio ABC e secretário da pasta em São Bernardo, Geraldo Reple Sobrinho.

Os secretários estaduais informaram que os dados serão analisadas pelo Comitê de Contingência do Coronavírus na próxima terça-feira (2/6), data em que o grupo técnico do Governo do Estado se reunirá em sua integralidade. Na quarta-feira (3/6), o governador João Doria deverá anunciar se as cidades do Grande ABC poderão receber a mesma classificação dada à capital para uma reabertura gradual e cuidadosa da economia.

O presidente do Consórcio ABC ressaltou a união das sete prefeituras para apresentar os dados a fim de solicitar a reclassificação da região no plano apresentado pelo Governo do Estado.

“Agradecemos a sensibilidade do governador João Doria com as preocupações apresentadas pelos municípios da nossa região. Esperamos passar para a próxima fase do plano de reabertura econômica com suporte do Governo do Estado para a manutenção e ampliação dos leitos destinados aos pacientes de Covid-19 nas sete cidades, bem como os aportes para garantir a saúde da nossa população”, afirmou Maranhão.

Na sexta-feira (29/5), o governador atendeu a reivindicação feita em conjunto pelos sete prefeitos para que a Grande São Paulo fosse reclassificada em cinco regiões, sendo uma delas correspondente ao Grande ABC.

Tags

CONSÓRCIO ABC