Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Quinta-feira, 13 de junho de 2024 Telefone (11) 4435-3555

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta das 8:00 às 17:00 Horas

logo
Quar
12/06
Parcialmente Nublado
Máx 26 °C
Min 15 °C
Índice UV
5.0
Quin
13/06
Parcialmente Nublado
Máx 26 °C
Min 15 °C
Índice UV
5.0
Sext
14/06
Parcialmente Nublado
Máx 26 °C
Min 15 °C
Índice UV
5.0
Sáb
15/06
Parcialmente Nublado
Máx 25 °C
Min 15 °C
Índice UV
5.0

Procon Consórcio ABC - Sexta-feira, 21 de Agosto de 2020

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Fiscalização durante a pandemia Procon-SP já aplicou mais de 28 milhões em multas

Fiscalização durante a pandemia Procon-SP já aplicou mais de 28 milhões em multas


Fiscalização durante a pandemia Procon-SP já aplicou mais de 28 milhões em multas

Durante a pandemia, o Procon-SP impôs R$ 28,5 milhões em multas a fornecedores que cobravam preços abusivos e cometiam outras infrações ao Código de Defesa do Consumidor. Na capital, as multas somam R$ 4,9 milhões e no interior, R$ 23,5 milhões. As operações para combater práticas que prejudicam os consumidores continuam.

 

Quase cinco mil farmácias, supermercados, hipermercados e outros estabelecimentos do comércio do Estado de São Paulo foram fiscalizados. Itens considerados essenciais no momento pelo qual passa a sociedade, como álcool em gel, máscaras de proteção, alimentos, entre outros, não devem ter os seus preços elevados de forma injustificada.

 

“Não é admissível que as empresas aproveitem o momento de dificuldade pelo qual passamos para aumentar preços sem justificativa ou ainda para exercer práticas que complicam ainda mais a vida das pessoas. As nossas equipes continuarão a fiscalizar e quem infringir a lei será punido”, avisa Fernando Capez, secretário de defesa do consumidor.

 

Problemas de consumo e Pandemia

Até 20 de agosto, foram registrados nos canais de atendimento do Procon-SP 7.600 reclamações, 8.300 denúncias nas redes sociais e 4.600 consultas e dúvidas sobre questões de consumo relacionadas à pandemia.

 

A maior parte das reclamações é contra agências (3.986) e companhias aéreas (1.726). Os consumidores também se queixam de farmácias, lojas e mercados (772); instituições financeiras (743); ingressos e eventos (207); programas de fidelidade (99) e cruzeiros (79).

 

Como denunciar, reclamar e obter orientações

O Procon-SP disponibiliza canais de atendimentos à distância para receber denúncias, intermediar conflitos e orientar os consumidores: via internet (www.procon.sp.gov.br), aplicativo – disponível para Android e iOS – ou via redes sociais; para as denúncias, marque @proconsp, indicando o endereço ou site do estabelecimento.

 

Fornecedores que tenham dúvidas sobre seus deveres podem consultar o site.

 

Fundação Procon-SP

Assessoria de Comunicação

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

443 Visualizações

Voltar para a listagem de notícias

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

HORÁRIO DE ATENDIMENTO:

De Segunda a Sexta das 8:00 às 17:00 Horas

SIGA NAS REDES SOCIAIS

FacebookInstagramTwitterYouTubeLinkedIn

CONTATO

Av. Ramiro Colleoni, 5
Centro
Santo André - SP
CEP: 09040-160
Telefone: (11) 4435-3555
E-mail: contato@consorcioabc.sp.gov.br

Ver Localização

Versão do sistema: 2.0.0 - 07/06/2024

Portal atualizado em: 11/06/2024 12:54:37

Consórcio Intermunicipal Grande ABC - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.