Consórcio ABC lança parceria para acolhimento temporário de mulheres em situação de violência - Consórcio Intermunicipal Grande ABC

Notícias

Foto: Alex Cavanha/PSA

Consórcio ABC lança parceria para acolhimento temporário de mulheres em situação de violência

Programa é mantido por fundo instituído pelo Instituto Avon e pela rede de hotéis Accor

05/10/2021

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC lançou, nesta terça-feira (5/10), o Programa Acolhe - Grande ABC, uma parceria com a iniciativa privada para o acolhimento temporário de mulheres e meninas em situação de violência doméstica nas sete cidades, bem como seus filhos e filhas menores de 18 anos.

O programa é mantido pelo Fundo de Investimento Social pelo Fim da Violência contra as Mulheres e Meninas, instituído pelo Instituto Avon e pela rede de hotéis Accor. O convênio com o Grande ABC é a primeira parceria da iniciativa com o poder público.

O objetivo da ação é reduzir os impactos da violência contra as mulheres, apoiando os serviços públicos de abrigamento e proteção e oferecendo suporte para a recolocação profissional, ajudando-as no enfrentamento da violência. O acolhimento terá o apoio do Instituto para o Desenvolvimento Sustentável (Indes).

O Programa Acolhe atua como uma casa de passagem, ou seja, é destinado a atender por até 15 dias mulheres em situação de violência doméstica, nos casos em que não há necessidade de encaminhamento ao Programa Casa Abrigo Regional, mantido pelo Consórcio ABC.

A porta são os centros de referência municipais, que realizam o atendimento às mulheres em situação de violência. A acolhida passará por uma triagem inicial e avaliação do município. Se não houver risco iminente de morte, a equipe da prefeitura realizará contato com a equipe do Programa Acolhe, que fará a avaliação do caso. A partir de então, as mulheres e meninas receberão hospedagem e alimentação em hotéis da rede Accor no Grande ABC, assim como a acomodação no mesmo quarto de seus filhos menores de 18 anos.

A cerimônia de assinatura do convênio ocorreu na sede do Consórcio ABC, com presença do presidente da entidade regional e prefeito de Santo André, Paulo Serra, da diretora executiva do Instituto Avon, Daniela Grelin, e do fundador do Indes, João Francisco de Carvalho Santos.

O presidente do Consórcio ABC ressaltou que a parceria é mais um exemplo prático da capacidade da entidade regional de elaborar e implementar políticas públicas de qualidade.

“Há mais de 30 anos os programas e projetos do Consórcio ABC são uma grande referência para o Brasil. O Programa Acolhe é um reforço importante para o trabalho que já realizamos por meio da Casa Abrigo. Tenho certeza de que vamos conseguir proteger e transformar a vida de muitas mulheres da nossa região”, afirmou Paulo Serra.

A diretora executiva do Instituto Avon, entidade que investe na causa das mulheres há 18 anos, destacou a importância da parceria do programa Acolhe com os sete municípios por meio do Consórcio ABC.

“Começamos a imaginar o que mais precisaria ser feito neste momento de crise de humanitária que enfrentemos. É uma situação que tem consequências muito severas para as mulheres que, em muitos casos, se encontram confinadas com o autor da agressão. Foi deste esforço de entender o que poderia ser feito que surgiu o Fundo de Investimento Social pelo Fim da Violência contra as Mulheres e Meninas”, explicou Daniela Grelin.

Também participaram do evento a coordenadora do Grupo de Trabalho (GT) Gênero e presidente do Conselho Gestor da Casa Abrigo, Maria Aparecida da Silva, a vice-prefeita de Mauá, Celma Dias, o prefeito de Rio Grande da Serra, Claudinho da Geladeira, além de primeiras-damas e presidentes dos fundos sociais e secretários municipais.

Tags

CONSÓRCIO ABC